07 abril 2006

Luís Monteiro da Cunha

Vagueando...




Esta dor que me inquieta
Prende-me nos sentidos
Dessa presença ausente
Murmúrios pressentidos
Do que a nossa alma sente
E não escutam os ouvidos

Vagueando o meu olhar

Por nuvens coloridas
Névoas rarefeitas
Pombas escondidas

Cruzam o sonho de vidas
Nas promessas nunca feitas
Mas sempre prometidas

Ao longe o mar dourado
Numa modorra celeste
Apelo tão forte e presente
Parece a calma agreste
No jeito de mim ausente

Lembra-me, que estás aí
Eu aqui, pensando em ti

Acalma-me o sol ardente
Pois é o mesmo que tu vês
Que aquece abraça e sente
O meu lamento e desfaçatez

Visita-me a lua, auréola de veludo
Anelada como noiva esperançosa
Espelho meu, ansioso de tudo
Desta vida ritmada e lacrimosa
Em gestos boçais de surdo-mudo


© Luís Monteiro da Cunha

21 Comentários:

Às 7/4/06 17:59 , Blogger Luís Monteiro da Cunha disse...

E desejando-vos um óptimo fim de semana, pleno de amor e carinhos...

Beijos e abraços
Luís

 
Às 7/4/06 18:59 , Blogger diva dos sonhos disse...

Vagueei contigo...

 
Às 7/4/06 22:11 , Blogger Papoila disse...

"Cruzam o sonho de vidas
Nas promessas nunca feitas
Mas sempre prometidas"
Belíssimo Bufagato
Beijo

 
Às 7/4/06 22:22 , Blogger Pink disse...

Muito , mas muito belo este poema! Também eu me deixei levar no teu vaguear por entre as iimagens lindas a que recorres no teu escrito.

Um beijo e bom fim de semana.

 
Às 8/4/06 00:38 , Blogger lena disse...

vagueando...

em olhares brandos
numa onda azul
de um mar amante e fugidio
onde distâncias nos entorpecem

"tudo que ficou por dizer"

canta mar que o teu cantar
me enlouquece...


deixo-me vaguegar pelos teus belos poemas e que bem escreves Luis


beijinhos para ti

lena

 
Às 8/4/06 17:13 , Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

Vagueando...
numa praia deserta, descalça, com os cabelos ao vento....

Vagueando ao sabor deste poema...

 
Às 8/4/06 18:26 , Blogger A Sonhadora disse...

Também gosto de vaguear por aqui...levo sempre a alma cheia de carinho.
Beijão da sonhadora

 
Às 8/4/06 22:37 , Blogger leda disse...

Lindas as tuas palavras.Beijinho.

 
Às 8/4/06 22:54 , Anonymous gaivotadaria disse...

Já sabias que quando vejo coisas lindas fico sem palavras? Não? Então ficas a saber!

naquele dia fiquei a matutar na famosa imagem de baixo, quero a solução, não me faças sofrer mais:)))

 
Às 9/4/06 03:09 , Anonymous delta disse...

Passei para deixar um beijinho e uma prenda...:-) Páscoa Feliz

 
Às 9/4/06 16:28 , Blogger Andreia Ramos disse...

boa pascoa1beijinho!

 
Às 9/4/06 23:09 , Blogger gato_escaldado disse...

gostei do poema. abraços

 
Às 10/4/06 11:54 , Blogger Dardo disse...

humm
romântico quanto baste
já não existem paixões assim
só nos livros e estes enganam tanto
mas que dá gosta de ler, para quem gosta de sonhar...

 
Às 10/4/06 23:24 , Blogger wind disse...

Belo!:)

 
Às 11/4/06 09:56 , Blogger Lua disse...

Olá amigo,

Nesse teu deambular pelas noites de lua cheia
e pelos cantos do mar,
não ouves a sereia a cantar?
não sentes a lua a te beijar?

Um beijo da lua,

 
Às 11/4/06 12:08 , Anonymous soslayo disse...

BUFAGATO:

E vagueando nesse olhar
observa-se o que se está a passar
e nas promessas não cumpridas
são feitos estes pedaços de vida!

Valha-nos o menos o Mar
que ficamos a observar!

Está bastante elucidativa esta tua poesia. Um grande abraço.

 
Às 11/4/06 17:32 , Blogger Sofes disse...

Olá Luis,
Não imaginas como me tocou este teu poema!
Tão belo, tão verdadeiro, tão sentido...
Beijinho grande,
S

 
Às 11/4/06 18:37 , Blogger Luís Miguel disse...

Palavras de entrega, muito sentidas deste lado.
Abraço, Luís!

 
Às 12/4/06 00:35 , Anonymous Ofeliazinha disse...

Acho que ainda não tinha visto a nova cara. Muito bem.

 
Às 12/4/06 10:36 , Anonymous Patricia disse...

Olá Luís,
Gostaria de desejar uma feliz e santa Pascoa.
Conheçes a história do Tiago? http://mariabiju.blogspot.com/
Passa lá e divulga o site, já ajuda!!
Boa Semana de Pascoa!

 
Às 13/4/06 10:42 , Blogger Ana Maria disse...

a melancolia das palavras transformam o poema em beleza interior do autor.
um jinho Luis

 

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial