26 janeiro 2006

Luís Monteiro da Cunha

Dói!?


Imagem: Bufagato



Só.

Não sejas…
Nunca queiras ser…
O ser que fraqueja, perante a beleza dum amanhecer…
Aquele que passa incólume pela vida… e nunca aprende a amar…
Exige amor e atenção...
Como quem adquire provisões numa qualquer prateleira de supermercado.
Não aprende que o sorriso não tem preço.

O grito da criança que chora não é de raiva… é de carinho!
É por amor, é por colinho, é de solidão…

Sim… apesar de tudo, compreendo o que te vai na alma.
As tuas vontades e os teus quereres…
A tua fome de viver com reconhecimento.
Mas nada fazes para alterar!

Vem... criança faminta…
Encontrarás em mim o alimento de que necessitas…
… só para te ver crescer, sorrindo ternamente...
Terás agora o teu renascer…
Desta vez, será saudado!
Enfrentarás então a vida!
Mas, com um sorriso nos lábios…
Saberás viver!

Posted by: lmc

13 Comentários:

Às 26/1/06 19:36 , Blogger Luís Monteiro da Cunha disse...

Refazer a vida a cada instante, é premissa de quem deseja viver plenamente.
Haja coragem de assumir...

 
Às 26/1/06 22:05 , Anonymous Anónimo disse...

Bufagato, senti-me quase que "afagada" com a tua escrita de hoje principalmente com o teu comentário final. "Refazer a vida a cada instante, é premissa de quem deseja viver plenamente" Beijo

 
Às 27/1/06 12:14 , Anonymous Anónimo disse...

É um texto bastante forte "O grito da criança que chora não é de raiva… é de carinho, é por amor, é por colinho, é de solidão…" acho que esta frase dói um pouco, mas gostei muito.

 
Às 27/1/06 19:25 , Anonymous Anónimo disse...

Bufagato, o teu escrito me parece que é um grito de revolta. Refazer a vida a cada instante é um dever de qualquer ser, que queira ir a diante! Não interessa o caminho (desde que não colida com terceiros). É dever de fazer tudo o que nos é permitido, sem que para isso alguém fique ofendido. Um abraço.

 
Às 27/1/06 19:30 , Blogger Fragmentos Betty Martins disse...

Olá Bufagato

Palavras - profundas - fortes - que se sentem. E é assim que se deve "falar" para a vida - com SENTIR!!!

Beijinhos

Bfs

 
Às 27/1/06 22:39 , Anonymous Anónimo disse...

Bom fim de semana com um sorriso :)

 
Às 27/1/06 23:56 , Blogger A .Carlos disse...

Amigo,
Um grito de revolta, ou um olhar de esperança?
grita, sonha, revolta-te, mas vive,
assume, chora, ri, sente!!!!!
Abraços amigão
:)

 
Às 28/1/06 02:59 , Blogger wind disse...

Um doar de força e esperança:) bom fim de semana

 
Às 28/1/06 14:34 , Anonymous Anónimo disse...

Devemos ter sempre a ousadia de sermos felizes, a força de recomeçarmos a cada dia. Bom fim de semana :)

 
Às 28/1/06 19:10 , Anonymous Anónimo disse...

Olá bufagato. Estes blogs ponto COM é um problema para mim, mas aqui estou para ler as tuas palavras sentidas para alguém em que a vida não lhe sorriu mas onde há um grito de esperança num amanhã que se quer feliz. Tudo de bom e haja sempre colinho para um menino sentir que a vida é feita de pequenos nadas e basta um carinho para esse pequeno nada se transformar num sorriso do tamanho do mundo.

 
Às 28/1/06 19:34 , Blogger Su disse...

gostei....
não sejas/nunca queiras ser...."
jocas maradas

 
Às 28/1/06 22:19 , Blogger lena disse...

tanta força na tua poesia, que cala verso é um alimento, que atenua a dor
esse grito de criança, quechora de carinho toca-me e como é bom sentir que cresce sorrindo

beijinhos poeta

lena

 
Às 28/1/06 23:57 , Blogger Pink disse...

Refazer a vida a cada instante, ainda que dos, é premissa necessária para se viver a vida em pleno.
O teu poema é belo, muito belo. Nele sinto muita força e, no final, um estender a mão ...

Um beijo

 

Publicar um comentário

Subscrever Enviar feedback [Atom]

<< Página inicial