04 setembro 2006

Luís Monteiro da Cunha

Uva ou lábios

Foto: Bufagato/2006
http://bufagato.blogspot.com




Continua perene o ciclo da vida que nos ilumina. Não se esgota nas ambições conquistadas, nas dores ultrapassadas, nos obstáculos que se nos deparam diariamente e nos fazem mais fortes, expectantes do dia de amanhã, que se confia mais simples, pelas experiências acumuladas.
Mais um ano se passou. Outro ano nos ombros e no bilhete de identidade. Outro ciclo que se renova, no desejo e na ânsia de sobrevivência feliz.




Uva ou lábios


Tão brilhante esse corpo
Fofo, aveludado, doce,
a pele fresca e o teu olor
Embriaga-me de desejo

Apetece morder-te
Descobrir-te por inteiro.

Abrir-te, como se abre um livro.
E ler-te, como prazer derradeiro,
de moribundo por ti a fenecer.

Assim és tu!
Bago de uva,
Ou mulher!

Doçura matinal saboreada
nos lábios e corpo de mel.
Ópio da alma se te esmagas
Na emergente flor da paixão.

De ti possuído, sou o dono
do mundo, levo-te pela mão
para a alcova do sonho.
Não resisto à tua sedução.


© Luís Monteiro da Cunha

Poema apresentado no último sarau em Vermoim
Tema: "As uvas"
Boa semana.

15 Comentários:

Às 4/9/06 13:25 , Blogger Luís Monteiro da Cunha disse...

Desculpem a ausência dos vossos blogs, mas não se pode ter tudo.
O tempo escasseia e os afazeres são tantos...

Boa semana

 
Às 4/9/06 16:34 , Blogger António disse...

Olá, Luis!
Este poema pode ser mais bem apreciado aqui.
Acho que tens de treinar mais a declamação pois em Vermoim não pareceu tão bonito.
(desculpa o atrevimento...eh eh)

Um abraço

 
Às 5/9/06 16:23 , Blogger Unknown disse...

Quido bufagato

Que poema doce e atrevido. Obrigada pelo teu outro que deixaste lá.

beijinhos

 
Às 5/9/06 16:52 , Blogger Papoila disse...

Tempo de vindimas... Lindo poema sensual... saboroso bago de uva.
Beijos

 
Às 6/9/06 18:38 , Blogger Maria disse...

O amor e o desejo por uma mulher traduzido por uma profundidade impressionante... tomara todas termos essa sorte!

 
Às 6/9/06 23:37 , Blogger João JR disse...

OLá Luis,
obrigada pela tua visita ao meu cantinho, e sabes que mais?.. Disseste algo tão simples e mais do que nunca, verdadeiramente verdade! Este mundo de blogs ajuda-nos a descobrir pessoas e sonhos...estados de espirito tb; Bons, indiferentes e menos bons..! DE ti, bastou-me apenas um comentário teu, de um post meu, (entre mts outros..) que me enternece a alma da forma mais pura que existe, para constatar o tipo de pessoa que és. A vida é de facto muito bela! BASTA que no meio de estados de alma + variados com que nos deparamos ao longo da vidas paremos para pensar o quanto conseguimos transmitir a nossa essência, e sintamos algo quimico e intrinsecamente bom num 1º contacto.
E isso foi o que tu, e a tua breve visita me causaram. Obrigada por isso! E permite-me dizer-te que mal que abri o teu espaço e leio apenas este "post"; achei incrivel...sem nos conhecermos, faço algumas das tuas palavras minhas: "tb gostei do que li e vi. E senti...!
Este teu texto, sem saberes, alguém já o escreveu para mim, só que sem o saber reproduzir..
"Coragem é a arte do medo, sem que ninguém perceba."
E a vida só é bela quando a vivemos intensamente, com as coisas boas e más. E só estas, depois de vividas e sentidas em pleno, nos levam a crescer tão bem. E leves...tranquilos, de bem com a vida e connosco. De facto sofrer, seja pelo que for, só ajuda a sermos melhores seres humanos. E a dar o valor real ao melhor que ela tem para nos brindar.
Tudo de bom para ti!
Bj,

 
Às 6/9/06 23:45 , Blogger margusta disse...

Olá querido Luís,
...para mim este é sem duvida um dos teus melhores poemas!...

Beijinhos para ti!

 
Às 7/9/06 16:17 , Blogger margusta disse...

Gostei tanto do poema que voltei para te ler :)))

Beijinhos com sabor a uva e suspensos em azul........

 
Às 7/9/06 17:17 , Blogger angelis disse...

Passei para deixar um abraço de amizade, um sorriso e um beijinho

 
Às 8/9/06 16:13 , Blogger Unknown disse...

Amigo,
Voltei hoje a blogosfera, depois de quase 3 meses de desncanso.
E volto hoje com festa... Gostaria de poder contar com sua presença nesta data duplamente feliz para mim...
Beijos, flores e muitos sorrisos!

 
Às 9/9/06 17:12 , Blogger ginjasilver disse...

Uvagato?
:)

 
Às 9/9/06 23:04 , Blogger Kalinka disse...

OLÁ LUÍS

Pois é:
Outro ano nos ombros e no bilhete de identidade. Outro ciclo que se renova, no desejo e na ânsia de sobrevivência feliz.

VOTOS QUE SEJAS MUITO FELIZ EM MAIS DE UM ANO DA TUA VIDA.

Bom fim de semana.
Beijos com carinho.

 
Às 11/9/06 02:18 , Blogger Grilinha disse...

o outono é sinónimo de fruta madura e do cair da folha. As terras regeneram-se e começa um novo ciclo e mais um ano.
Que venham muitos Outonos para festejarmos.

 
Às 12/9/06 18:41 , Blogger Amita disse...

Olá Luís
Que belo poema apresentaste em Vermoim. Vieste renovado como as uvas frescas, maduras, deste poema.
Adorei o miminho que me deixaste; obrigado, meu amigo. Tu chegaste, em breve parto eu para umas mais que merecidas férias. Com o carinho da amizade que nos envolve te deixo um bjo e uma flor

 
Às 16/9/06 15:28 , Blogger Salto Angel disse...

Olá Luís!!

A mulher é uva, e ameixa, e laranja, e... toda e qualquer fruta, suculenta e sumarenta, que sacia-nos, de corpo e alma.

Bom fim-de-semana.

Abraço.

 

Publicar um comentário

Subscrever Enviar feedback [Atom]

<< Página inicial