22 março 2006

Luís Monteiro da Cunha

Jogo da vida

foto: Bufagato


Reflectido no reflexo
Das águas absortas
Recordo imagens paradas
No tempo ausente
Chegam-me disformes
Como as ondas deste lago
Também parado do vento
Pardas e baças são
Perderam o brilho
Quiçá a esperança
Mas não morrem
Nem definham
Porque existem ainda
Neste pensamento
No jogo de cabra cega
Quem sairá vencedor
Se não existem vencidos
Neste jogo de lamentos
Sem raiva apenas dor
Perde-se por ausência


© Luís Monteiro da Cunha

15 Comentários:

Às 22/3/06 01:04 , Blogger margusta disse...

E no "Jogo da vida" existem sempre vencedores e vencidos...
E és vencedor "Reflectido no reflexo , Das águas absortas"...porque as tuas palavras não "Perderam o brilho".... E a tua poesia é Linda!

Bonita conjugação poema-imagem.

Beijinhos amigo Luís e um bom resto de semana.

 
Às 22/3/06 01:55 , Anonymous Anónimo disse...

A vida também é um jogo!Uns vencem e outros são vencidos.Mas nem todos se lamentam..Abraço.

 
Às 22/3/06 09:12 , Anonymous Anónimo disse...

Enquanto as luzes cintilavam
na dança sensual da aurora boreal,
meu coração crescia dentro do peito
sentindo a explosão do amor
em todas as nuances de suas cores,
tomando-me fascinada pelo homem
que bem à minha frente estava...
Enquanto no pólo norte
tudo isso acontecia,
em mim nascia a esperança e a certeza de
que agora o conquistaria.
Ah!
Abençoadas férias no Alasca!
Onde mais despertaria esse amor
gigante e adormecido
nos braços de quem mais queria?

 
Às 22/3/06 11:09 , Blogger Luz Dourada disse...

Muito obrigada pelo belo poema que deixaste no meu cantinho!
Beijinhos e, como sempre, gostei muito do que li agora, aqui...

 
Às 22/3/06 13:26 , Anonymous Anónimo disse...

Algo com sentimento assim a meio da semana, faz bem. Abraço.

 
Às 22/3/06 13:52 , Blogger Cristina disse...

Olá,
Há muito tempo k não passava por aqui, adorei o novo visual acompanhado com uma poesia muito linda e uma música maravilhosa,
Parabéns
:)
beijinhu

 
Às 22/3/06 14:12 , Blogger wind disse...

Sente-se que estás a passar por um mau bocado. Força!

 
Às 22/3/06 18:55 , Anonymous Anónimo disse...

BUFAGATO, se não existem vencidos, logo, serás um vencedor, mas para seres verdadeiramente vencedor tens que estar presente e não ausente. Bonito. Um abraço.

 
Às 22/3/06 18:56 , Blogger Su disse...

há sempre vencedores e vencidos....
força para ti..muita...sempre

jocas maradas

 
Às 22/3/06 20:08 , Anonymous Anónimo disse...

No jogo da vida, nem todos os que ganham são "vencedores". Um abraço

 
Às 22/3/06 22:10 , Blogger Papoila disse...

No jogo da vida não há vencedores nem vencidos Bufagato...o caminho é que difere... mas no jogo da vida viver é o que verdadeiramente importa. Beijo

 
Às 23/3/06 00:19 , Anonymous Anónimo disse...

Um jogo, uma luta,uma labuta, um frenesim, até onde, com que fim? Um labirinto, uma escalada, joga-se tudo, não se vence nada...
Bj

 
Às 23/3/06 14:28 , Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

...nem sempre quem ganha, é considerado o vencedor, por vezes há surpresas escondidas...

 
Às 23/3/06 16:10 , Blogger Fragmentos Betty Martins disse...

Olá Luís

Lamentos e risos
no "Jogo da vida"
[apostas] de fogo na praça
sem vencedores nem vencidos...

Beijinhos

 
Às 11/7/06 18:01 , Anonymous Anónimo disse...

You have an outstanding good and well structured site. I enjoyed browsing through it
domain hosting for xp online payment home mortgage refinancing ocean pines75 school code bill gates new software componentbased software engineering definition free insurance quotes

 

Publicar um comentário

Subscrever Enviar feedback [Atom]

<< Página inicial