06 janeiro 2006

Luís Monteiro da Cunha

Teus olhos negros como carvão


Teus olhos negros
Onde escondes teus medos…

São o carvão que me incendeia
Neles aqueço o coração
E na chama dessa fogueira
Braseiro que me seduz
Escrevo neles as páginas da paixão
Aconchegado por essa luz
Fonte da minha inspiração!


© Luís Monteiro 2006-01-06

Posted by: lmc

.

22 Comentários:

Às 6/1/06 13:10 , Blogger Luís Monteiro da Cunha disse...

Que este braseiro sempre aqueça os vossos corações e alimente as vossas paixões...

Boa sexta-feira para todos

 
Às 6/1/06 16:30 , Blogger António disse...

Poema curto, simples...e bonito.

Um abraço

 
Às 6/1/06 16:40 , Anonymous Anónimo disse...

Bonito... Muito bonito.
Só uma gralha pequenina. Aonde se lê Braseiro deveria ler-se Brasileiro.

Bom ano

 
Às 6/1/06 18:25 , Anonymous Anónimo disse...

... abraço, Luís... do Sherpas!!!...

 
Às 6/1/06 18:28 , Anonymous Anónimo disse...

Belo poema aos olhos que te inceideiam! Beijo

 
Às 6/1/06 19:22 , Blogger A .Carlos disse...

Olhos Negros...olhos negros...
quem já não sonhou com uns olhos?
um simples olhar pode dizer tanto, esconder tanto...
lindissimo poema
um bom f/s para ti
abraço
:)

 
Às 6/1/06 19:27 , Blogger Luís Monteiro da Cunha disse...

Caro António...

Como vai essa novela?!!!

Tenho de te ler..

Abraço

 
Às 6/1/06 19:29 , Blogger Luís Monteiro da Cunha disse...

bd...

Até que enfim... que dizes algo positivo, mas...

Pensa bem nisso do brasileiro... achas que encaixa?
Ou desconheces o que é um braseiro?

Fica bem..

 
Às 6/1/06 19:31 , Blogger Luís Monteiro da Cunha disse...

Olá Sherpas...

Quanta honra... sabendo como sei da tua adversidade em comentar...

Recebi o teu mail...

Abraço caro amigo e bom fim de semana

 
Às 6/1/06 19:32 , Blogger Luís Monteiro da Cunha disse...

Maria Papoila...

Espero que te incendeiem assim também a ti...

Bom fim de semana

Bjinho

 
Às 6/1/06 19:35 , Blogger Luís Monteiro da Cunha disse...

A. Carlos...

Olhos, são espelhos de almas... neles se reflectem os desejos... mesmo os proibidos!

Vou já ler a gramática...lol

Bom F/S também para ti e pra Ni.

Abraço

 
Às 6/1/06 20:36 , Blogger wind disse...

Bonito poema:)

 
Às 7/1/06 02:31 , Blogger GNM disse...

Lindo poema!

Passa um excelente fim de semana!

Continua a sorrir...

 
Às 7/1/06 04:21 , Anonymous Anónimo disse...

Hum...continuas apaixonado. Só pode ser. Olhos negros? Tambem gosto. Não são precisas grandes elaborações quando escrevemos por amor (nem grandes traduções quando já o sentimos). PIU!

 
Às 7/1/06 10:45 , Blogger lena disse...

olhos negros que tanto sabem dizer e como sabem aquecer um coração

tão bom saber-te assim apaixonanado e feliz

e que continuem a ser a tua fonte de inspiração, pois escreves maravilhosamente, Luis

beijinhos poeta das palavras tão doces que nos alimentam também

lena

 
Às 7/1/06 21:45 , Blogger Terceirense disse...

Gostei de aqui entrar, agradeço a sua visita. Parece que temos amigos em comum, a ver pela lista de blogs. Votos de Bom Ano e espero que as nossas visitas fiquem assíduas. Bom fim de semana

 
Às 8/1/06 21:20 , Blogger Kalinka disse...

OLÁ
O que eu fico sabendo, visitando e lendo os comentários dos teus amigos aqui no blog...
...«Hum...continuas apaixonado. Só pode ser. Não são precisas grandes elaborações quando escrevemos por amor (nem grandes traduções quando já o sentimos)!
...«tão bom saber-te assim apaixonanado e feliz, e que continuem a ser a tua fonte de inspiração...»

Mas, passei por aqui para dizer que vás ao «meu cantinho» e que leias a explicação k dou, da minha ausência pela blogosfera.
Até outro dia. Beijoka.

 
Às 9/1/06 08:26 , Blogger © Piedade Araújo Sol disse...

....

Olhos negros...e não podem ser verdes?!!!

Bonito poema..

 
Às 9/1/06 13:42 , Blogger Ana Maria disse...

vizinho ando a ler-te e gosto deste "Teus olhos negros como carvão"

 
Às 11/1/06 23:46 , Blogger soslayo disse...

Bufagato, muito bonito este poema, parabéns, um abraço.

 
Às 12/1/06 19:25 , Blogger Unknown disse...

Teus olhos
Onde procuras os meus...

Ainda não te tinha dito nada porque estive doente e ando com mto trabalho, sei que não custa assim tanto vir cá dar um alô, mas é a desculpa que se arranja... :-)))
Beijinhos e mto obrigada por me confiares coisas tuas tão bonitas
outro beijo, ando mto beijoqueira

 
Às 19/1/06 23:05 , Blogger S disse...

O prometido é devido!
Gostei especialmente deste... simples, directo, apaixonado!

 

Publicar um comentário

Subscrever Enviar feedback [Atom]

<< Página inicial