17 agosto 2006

Luís Monteiro da Cunha

uma foto, apenas...

Foto: Bufagato/2006


Já nem o "Amor de mãe" se salva, do cansaço e erosão dos tempos.
Da corrosão desta sociedade ingrata e consumista.

2 Comentários:

Às 24/8/06 20:47 , Blogger Maria disse...

Por muito gasto que pareça o amor de mãe terá sempre a mesma força que no inicio dos tempos.

 
Às 5/10/06 15:13 , Blogger Unknown disse...

Parabens, gostei mto do teu blog.

 

Publicar um comentário

Subscrever Enviar feedback [Atom]

<< Página inicial