20 agosto 2005

Luís Monteiro da Cunha

Trilhos


Como cais flutuantes
assim são os caminhos da vida
uns mais seguros, constantes,
outros, de amarra perdida.
.*.
Segues, teu passo seguro
denotas confiança.
Virtuoso não temes abismos,
teus olhos venturosos,
correm trilhos novos,
caminhos de esperança.
.*.
Que eu te possa acompanhar,
dar-te a mão, auxiliar,
caso venhas a precisar,
ou pelo menos oferecer o ombro
quando quiseres desabafar!

(um pai babado)


(imagens: portfólio do bufagato)

7 Comentários:

Às 20/8/05 16:45 , Blogger V disse...

Linda tuas palavras.
São caminhos de esperança, de estar junto, não conduzir, mas deixar caminhar.
Bjos

 
Às 20/8/05 17:11 , Blogger Luís Monteiro da Cunha disse...

Não é esse o dever de um pai?
Deixar seguir o seu destino, deixá-lo cair nos pequenos buracos da vida e ajudar a levantar.
Prevenir quando chega nos precipícios e tentar impedir, aconselhar a melhor maneira de os transpor, com o minimo de danos...

Pai cota... Né? :-)

Bjinho

 
Às 20/8/05 17:54 , Anonymous Anónimo disse...

Passei por aqui por mero acaso, mas gostei do que vi e li...quem disse que um blog tem que ter palavras de circunstancia, tem que ser inivador?Parece-me que este blog é o reflexo de quem o escreve...simples e descomplicado.E quanto ao texto...trabalho com crianças...entendo o que transmite nas palavras que publica.Voltarei, bom fim de semana.

 
Às 20/8/05 18:45 , Blogger Luís Monteiro da Cunha disse...

angelis...

Obrigado pelas simpáticas palavras.

Aguardo a sua visita e resposta ao meu pedido se possivel.

Bom fim de semana,

Bjinho do Bufagato

 
Às 20/8/05 21:24 , Anonymous Anónimo disse...

Olá Bufagato
Já respondi por email ao seu pedido...pode republicar á vontade o artigo, conforme pediu e sugeriu.
Bjinhos e continuação de bom fim de semana
Angelis

 
Às 21/8/05 18:13 , Blogger um estranho disse...

Babado e inspirado.
Gostei muito.
Tanto :-)

Bom Domingo

 
Às 22/8/05 14:06 , Blogger Luís Monteiro da Cunha disse...

sim Alex,

Babado demais, ou não?

Qual o pai ou mãe que não sente orgulho pelos filhos?

Mesmo que sejam pestinhas, como este meu mais novo. :-)

Bjinho

 

Publicar um comentário

Subscrever Enviar feedback [Atom]

<< Página inicial