18 agosto 2005

Luís Monteiro da Cunha

Para... sabes quem

Que bom recordar aquela tarde em que o sol queimava e a brisa passava levemente pelos nossos cabelos, como se quisesse acariciar-nos!...


15 Comentários:

Às 18/8/05 22:20 , Blogger V disse...

Fiquei triste não é para mim!
Linda tua rosa-rosa.
Bjos

 
Às 18/8/05 22:46 , Anonymous Anónimo disse...

Momentos lindos que se perpetuam nas nossas recordações e nos ajudam a viver. PIU!

 
Às 18/8/05 22:53 , Blogger Luís Monteiro da Cunha disse...

Vivis...
Lamento vivis, mas esta já tem dona.

Não fiques triste.

Um dia ofereço-te uma flor do meu portfólio, não prometo que seja uma rosa, a rainha das flores...

Bjinho

 
Às 18/8/05 22:54 , Anonymous Anónimo disse...

Como eu te compreendo...tenho tantos momentos lindos na minha vida que não os trocaria por nada deste mundo...:-)E eles estão sempre presentes dentro de mim.Beijinhos
PS- Obrigado pelas tuas palavras sempre gentis no meu rascunhos mas...quando dizes obrigado por tudo...tudo o quê? Agora estou curiosa...:-)

 
Às 18/8/05 22:56 , Blogger Luís Monteiro da Cunha disse...

Mocho...

Obrigado pela visita...

Esta, tem poucas semanas. Resolvi postar, pelo contraste entre o espaço envolvente, a luz e a flor solitária... como se aguardasse o seu par.

Abraço

 
Às 18/8/05 23:03 , Blogger Luís Monteiro da Cunha disse...

Delta...
Obrigado por tudo!
Por me incluires no teu espaço; pelas gentis palavras; pelo carinho; pela força; pela.... pela....

preciso continuar?

OBRIGADO

 
Às 19/8/05 00:18 , Blogger V disse...

Se bem que ela é rosa a minha é vermelha... paixão!
Bjos doces

 
Às 19/8/05 11:26 , Anonymous Anónimo disse...

Bom dia.
Ando a ver as novas novidades, já te mandei uma mensagem, agora é só fazer a experiência.
Continuação de um optimo dia.
Nota: Tenho sempre que entrar aqui como anonimo.
Um abraço amil

 
Às 19/8/05 13:36 , Blogger Luís Monteiro da Cunha disse...

Vivis...
Sim, paixão.
O que é paixão?
Como diz o poema, é fogo que arde sem se ver.
Precisa de ser constantemente alimentado, senão... puf, de repente esfuma-se... resta a saudade.
Já tive a minha dose.

Prefiro o amor puro, as cores puras... as coisas puras e simples da vida...

Bjinho

 
Às 19/8/05 13:38 , Blogger Luís Monteiro da Cunha disse...

Olá padrinho,

Enquanto não se registar, terá de ser sempre anónimo.

Tenha um dia espectacular.

Abraço

 
Às 19/8/05 15:21 , Blogger um estranho disse...

Eu estou na beira do mundo
não sei se salte, nao sei se avance
eu estou a beira do desejo
não sei se pare, não sei se me lance
eu estou camuflada em fumo
não sei se fique
se mude de rumo.


Hoje soltaram-se amarras entre um oceano atlantico. Venham ... ler.

 
Às 19/8/05 16:25 , Blogger Luís Monteiro da Cunha disse...

Lindo...

Lindas...


continuem assim!

 
Às 19/8/05 22:33 , Anonymous Anónimo disse...

Voltei novamente para dizer que basta ao amil clicar em "other" e deixa o anonimato...:-)Beijinhos e tudo de bom para ti e todos os teus...Dá um beijinho meu em cada rebento teu...:-)

 
Às 20/8/05 18:50 , Blogger Luís Monteiro da Cunha disse...

Delta...

O recado está dado, Amil, vai deixar de ser anónimo.
Como ele destestava ser anónimo.:-)

Penso que já dei... não me lembro, estou sempre a dar-lhes. :-))

Bom fim de semana


Bjinho

 
Às 29/9/06 18:11 , Blogger margusta disse...

Conheço esta rosa...porque será?

 

Publicar um comentário

Subscrever Enviar feedback [Atom]

<< Página inicial